domingo, 30 de outubro de 2011

Pra ouvir e curtir os sons...

Salve Povo, vou agora postar alguns sons no Sound Cloud então segue ai o loink pra quem tiver o interesse acompanhar e curtir..

http://soundcloud.com/manoreu

Abraços

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Diversidade Sim, Monopólio Não!!!

Mano Réu - Democracia na Comunicação

Faixa feita excluisvamente para este dia 18 de Outubro que lutamos pela democratização dos meios de comunicação. Segue link para Download. Conheça também um pouco da movimentação que está acontecendo no país sobre os temas relacionados!

http://www.4shared.com/audio/kjG2rK13/Mano_Ru_-_Democracia_na_Comuni.htm




Dia 18 de outubro é dia mundial de luta pela democratização da comunicação.
Haverá manifestações em diversas cidades brasileiras.
Em Brasília dias 18 e 19 acontece manifestações promovidas pela Abraço (Associação Brasileira de Rádios Comunitárias. Em São Paulo a manifestação acontece dia 18, do meio dia às duas horas da tarde, em frente ao prédio da Gazeta, na Avenida Paulista.
Todos e todas estão convidados a participar.
Vamos juntos lutar pela democratização da comunicação em nosso país por um novo marco regulatório das comunicações
pela verdadeira liberdade de expressão
pela ampliação da potência, aumento de antena para as rádios comunitárias
pelo direito de propoganda nas rádios comunitárias.

Ficha técnica da Musica.
Musica: Democracia na Comunicação
Letra e Musica: Mano Réu
Produção: Elton Ramos
Participação: Walter Jeronimo, Aixa Maria, Sabrina Bartolomeu e Gabriela Fernanda (Educandos do grupo de comunicação do Espaço Criança Esperança)
Gravado no Estudio do Espaço Criança Esperança e mixado e Masterizado no Estudio Coisa Simples por Iuri Stooco

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Pelas Quebradas... - 2º Seminário Hip Hop Conctando Quebradas

Fui convidado para participar no dia 29/10 do Seminario Hip Hop Conectando Quebradas, que teve como tema "De Inocência a Maria da Penha" ... A banca Audacia conta como foi...

O projeto “Hip Hop Conectando Quebradas: de Inocência a Maria da Penha” tem como diretriz a inserção social e cultural de mulheres com o objetivo de ampliar a consciência dos grupos culturais de HIP HOP a necessidade de se combater todas as formas de violência em especial à violência contra a mulher utilizando como ferramenta oficinas culturais de DJ e MC seguidos de Seminários com a temática de Gênero.
Tiveram na mesa três grande convidados para compartilhar suas experiências, Dona Eda contando ações e iniciativas realizadas no CIEJA Campo Limpo, Priscila Assistente Social Abrigo Raio de Sol relatando os vários tipos de violências que acontece nas famílias e consequentemente os filhos é quem “pagam o pato”, sendo acolhido por abrigos e Israel – Reviva Rap trazendo questões em relação a mulher dentro da Cultura Hip Hop e dizendo – “O Rap ainda é machista com poucas mulheres atuantes dentro do movimento, em comparação há quantidade de homens que vivem o Hip Hop, mas a cada dia as mulheres vem se apropriando da cultura e conquistando o seu espaço”, com a mediação de Fabiana Ivo do Centro Maria Maria.