sábado, 18 de agosto de 2012

"PERIFERIDAS" Por Willian Delarte a Este Humilde MC

Salve pessoas olha o presente que ganhei do Poeta Willian Delarte, editor da revista Rebosteio e autor do Livro "Sentimentos do Fim do Mundo", após ouvir o disco Reinvenção... espero que gostem pois eu curti pra caraca. Noiz!

"PERIFERIDAS"
(ao Israel Neto Réu)

recolhe as chagas do futuro
que há muito lhe foi passado

a herança bruta dos ancestrais
a História que não cala

e joga, sem dó, na mala


 - na treta da letra
na lima da rima -

a Reinvenção
do novo mundo real:

para além
da Facebooklândia
a Brasilândia

lança suas armas.



(versos ins-pirados pela audição do belo cd de Rap "Reinvenção" do Mano Réu, lançado neste ano de 2012. O poema compõe o catálogo "Siga a Poesia" do Projeto "Play na Poesia" que tive a honra de participar. O Réu, membro do Literatura Suburbana, é um dos idealizadores do projeto. Escritor, articulador e agitador cultural, é também um MC de mão cheia
ZN aqui o Rap vive e se renova!

*Willian Delarte

Nenhum comentário:

Postar um comentário