terça-feira, 20 de março de 2012

Faça Chuva ou faça Sol Sempre "Elo da Corrente"

Com um solzão rachando durante o dia era fatal que a chuva viria molhar as palavras durante nosso sarau. Mesmo assim, a poesia firmou e debaixo de chuva os amigos foram chegando, alguns ligaram e ficaram ilhados no caminho, mas oportunidade não faltará pra colar de novo.
Recebemos a visita de Israel Neto (Literatura Suburbana) lançando seu primeiro livro de prosa, o romance "Amor Banto em Terras Brasileiras", que é voltado ao ensino da História e Cultura da Àfrica e Afro-Brasileira, e de quebra quem comprava o livro levava a sua mix tape "Eternamente Break Dance"
Mas quem abriu o sarau foi o espetáculo PoéticaÓtica, formado pelos grupos Barulho.Org e Poesia Maloqueirista, trazendo uma junção de performance poética com audio-visual. Pesquisa bem trampada, com uma linguagem urbana revelando as facetas que emanam da selva de pedra.


Outras visitas importantes foram de alguns moradores da Aldeia Indígena Guaraní do Jaraguá e moradores do Hospital Felipe Pinel de Pirituba, direcionado a saúde mental, que vieram pela segunda vez. Essas visitas serão retribuidas pelo nosso coletivo, em breve.

Axé sempre!

Fotos: Elo da Corrente

Nenhum comentário:

Postar um comentário